O Poeta do Deserto

Em meio ao arder árido agradeço aos espertos pelo incentivar singelo,sou O Poeta do Deserto!

Textos


Ser Poeta


Protagonista do mundo, espectador da vida,
um deserto abstrato de um mundo concreto,
de onde lágrimas vertem pela própria sina,
do poço dos olhos da alma, casa e guarida,

de suas dores, lamentos, chagas e feridas
cicatrizadas, na pele de suas puras certezas,
que vestem seus versos de rumos incertos,
e traja de amor e poesia, as mazelas vividas.

Espectador do mundo e da vida protagonista,
eis que se transforma um raro ser, em poeta,
pois é da sua luz e sabedoria que se investe,
que se estimula e que lhe ordena, vá, persista!

Sim, vá, persevere, creia, crie e sempre insista,
Na beleza da paz, na paz da mais pura poesia,
E serás alento, serás caminho, serás a magia,
No mundo concreto de perfeita harmonia.


Dedicatória ofertada a mim por Celêdian Assis escritora das Minas Gerais.
Celêdian Assis
Enviado por O Poeta do Deserto (Felipe Padilha de Freitas) em 04/04/2013

Música: Sad Piano - Cibelle

Copyright © 2013. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Áudios Relacionados:
Ser Poeta por Poeta do Deserto e Iza Mendes - O Poeta do Deserto (Felipe Padilha de Freitas)


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras